top of page
Carlos Eduardo Ortolan.png

GUERRA, CINEMA E LITERATURA: Estética e Barbárie
com Carlos Eduardo Ortolan

Segundas-feiras (1 > 22 julho), das 19h às 21h BRT

Aulas online via zoom

CARLOS EDUARDO ORTOLAN é crítico literário e pesquisador em Literatura. Colaborou em vários meios de comunicação, como Folha de São Paulo, Revistas Cult, Entrelivros e Trópico, além do programa Entrelinhas da TV Cultura. Ministra cursos sobre literatura e crítica literária. Bacharel em Filosofia  (2001) e Doutor em Literatura Brasileira (2023) pela FFLCH - USP.

Os conflitos armados em larga escala acompanham a história da humanidade, de sua aurora dos tempos, como refletido nos textos hindus e chineses, na Bíblia, na tradição clássica greco-latina, no teatro renascentista de Shakespeare, para citar os exemplos mais célebres, até os dias atuais, perpassando as duas guerras mundiais, os movimentos de libertação nacional, as revoluções socialistas, a Guerra do Vietnã, até atingirmos o conflito contemporâneo no Oriente Médio e a Guerra da Ucrânia.
Se a guerra parece acompanhar todo o percurso da história humana, ela se refletiu – e se reflete – na produção estética. Nas segundas de julho, Carlos Eduardo Ortolan analisa uma série de textos, filmes, pinturas e músicas que se debruçam sobre o vasto tema da guerra.

Formas de inscrição

Inscrições Abertas!

Inscrições até 29/06/2024

Inscrição meia-entrada: R$ 200

*Meia-entrada para estudantes e para pessoas acima de 65 anos. Envie o seu comprovante da universidade (se for estudante) ou de identidade (se for acima de 65 anos) para o email oastrolabiocontato@gmail.com e solicite o cupom de meia-entrada. 

Utilize os cupons! 

CADU10 (10% de desconto)

CADU20 (20% de desconto)

As aulas do curso são gravadas e ficam disponíveis no YouTube. 

PROGRAMA DO CURSO


Aula 1: Apresentação geral do tema. A Ilíada, ou a guerra como formação nacional e constituição ética da humanidade.
 
Aula 2: A Primeira Guerra Mundial e seu caráter de ineditismo. A surpresa de Stefan Zweig e os diários de Kafka. Walter Benjamin. Ernst Junger: Tempestade de Aço. Filmes: Glória feita de sangue (1957), 1917 (2020), Nada de Novo No Front (2022). 

Aula 3: A Segunda Grande Guerra e a agudização da barbárie. Guernica, de Picasso. Orwell e a Guerra Civil Espanhola. Adorno e a poesia de Paul Celan. É Isto um Homem?, de Primo Levi. Drummond, Cecília Meirelles e a poesia de Guerra. As crônicas de guerra de Rubem Braga. Quatuor Pour la Fin du Temps, de Messiaen. Filmes: O Resgate do Soldado Ryan (1998), O Filho de Saul (2015), Zona de Interesse (2023).

Aula 4: A guerra contemporânea. A guerra do Vietnã, em Apocalypse Now (1979) e Dr. Strangelove (1964). Guerras híbridas e ascensão da extrema-direita mundial. A Teoria do Drone, de Grégoire Chamayou. Mahmoud Darwich e a Memória para o esquecimento. Filmes: Notre Musique (2004), Ukraine: Enemy in the Woods (2024).
 

bottom of page