top of page
Micheliny Verunschk.png

MEMÓRIAS, DIÁRIOS & OUTRAS DECLARAÇÕES DE AMOR - todos os módulos
oficina de escrita com Micheliny Verunschk 

segundas-feiras (04 março > 24 junho), 19h às 21h BRT

16 aulas | 4 módulos

Aulas online via zoom

MICHELINY VERUNSCHK é escritora. Autora de Caminhando com os mortos (2023), Desmoronamentos (2022), O som do rugido da onça (2021, prêmio Jabuti 2022), O movimento dos pássaros (2020), Nossa Teresa – vida e morte de uma santa suicida (2014) e Geografia Íntima do Deserto (2003), entre outros. É mestre em Literatura e Crítica Literária e doutora em Comunicação e Semiótica pela PUC - São Paulo. Vencedora, entre outros, dos prêmios Jabuti 2022 e Oceanos 2022.

Talvez a escrita de si seja a grande narrativa de nossos tempos. Talvez estejamos o tempo todo escrevendo sobre nós mesmos, em uma escrita fragmentária, rizomática, tomada pelos afetos. Em “O que é um autor?”, Foucault vai falar do caderno de notas como companheiro incontornável do asceta. Annie Ernaux dirá que, convencida de que o nada nos espera, age como guardiã daquilo que deve ser salvo. Para Maria Stépanova, a memória é uma tradição, uma escrita, um lugar de justiça, mas, também, de deturpações. Investigaremos as várias manifestações desse gênero narrativo nesse curso que é, simultaneamente, um espaço de reflexão teórica e de oficina de escrita.

As aulas do curso são gravadas e ficam disponíveis no YouTube. 

Formas de inscrição

Inscrições Abertas!

Inscrições até 02/03/2024

Inscrição meia-entrada: R$ 800

*Meia-entrada para estudantes e para pessoas acima de 65 anos. Envie o seu comprovante da universidade (se for estudante) ou de identidade (se for acima de 65 anos) para o email oastrolabiocontato@gmail.com e receba o cupom de meia-entrada. 

Utilize os cupons! 

MICHELINY10 (10% de desconto)

MICHELINY20 (20% de desconto)

DATAS DOS MÓDULOS

MÓDULO 1: Estatutos do real - 04 a 25 de maço

  1. Realidade e verdade

  2. Implicações históricas e teóricas para a escrita de si

  3. O Eu e seus afetos

  4. Complexidades das ficções do eu

MÓDULO 2: A memória e as coisas - 01 a 22 de abril

  1. Memória, testemunho e justiça: indivíduo e coletividade

  2. O cemitério como lugar de escrita

  3. As coisas e os seus vestígios

  4. O direito ao fragmento e a ideia de totalidade

     

MÓDULO 3: Quando confesso que vivi - 29 de abril a 27 de maio

  1. Fabular é preciso

  2. Autorretrato e selfie

  3. Crônica das gavetas e guarda-roupas

  4. Escrevo uma carta, meu amor
     

 

MÓDULO 4: Diário: poéticas e alguns modos de usar - 03 a 24 de junho

  1. A poética do work in progress

  2. A poética das listas

  3. A poética da egrégora

  4. Apresentação de trabalhos finais
     

OBRAS DE REFERÊNCIA

Michel Foucault. O que é um autor?

Maria Stepánova. Memória da memória. 

Constância Lima Duarte e Isabella Rosado Nunes (org.). Escrevivência: a escrita de nós – reflexões sobre a obra de Conceição Evaristo.

Saidiya Hartman. Perder a mãe: uma jornada pela rota atlântica da escravidão

Saidiya Hartman. Vidas rebeldes, belos experimentos.

Annie Ernaux. A escrita como faca e outros textos.

Diana Klinger. Escritas de si, escritas do outro: autoficção e etnografia na narrativa latino-americana contemporânea. 

Maria Gabriela Llansol. Finita, Um falcão no punho e Inquérito às quatro confidências (série de diários). 

Susan Sontag. Diários

Frida Khalo. Diário.

Virginia Woolf. Diários.

Alba de Céspedes. O caderno proibido.

bottom of page