top of page
IMG_20230728_224346_755.jpg

METAMORFOSES DA NINFA NA POESIA BRASILEIRA
com Maura Voltarelli

segunda, 17 de junho às 19h BRT

Aula online e gratuita via zoom

MAURA VOLTARELLI é escritora, crítica literária e pesquisadora. Com mestrado e doutorado em Teoria e História Literária pela UNICAMP e pós-doutorado em Teoria Literária e Literatura Comparada pela USP. Realizou estágios de pesquisa na Écoles de Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), em Paris, na França, sob a supervisão de Georges Didi-Huberman. É autora dos livros O Sequestro da Ninfa (2024), sobre a obra de Carlos Drummond de Andrade, Amar, depois de perder: uma poética da Ninfa (2021) e Nymphé e outros poemas (2014).

Ninfa. Figura feminina em movimento, metáfora do desejo, guardiã das “águas mentais” e da possessão, fonte, crisálida, botão de rosa, os “pequenos lábios”, divindade menor, criatura elementar, mênade em transe, encarnação da aura, “imagem da imagem”, imagem da sobrevivência. Muitas são as maneiras de dizer esse fascinante personagem de Aby Warburg, capaz de alegorizar e cristalizar conceitos complexos como o de Pathosformel e o de Nachleben, a vida póstuma das imagens. A Ninfa é tudo isso, mas, ao mesmo tempo, não é apenas uma coisa ou outra. Uma potência de atravessamento, de metamorfose, ela é, antes, o fluxo, a tensão, a passagem entre todas as suas formas sempre convulsas, efêmeras, instáveis. Sua natureza ambígua e sintomática desorganiza, faz ver os acidentes do tempo, os anacronismos, no lugar das continuidades homogêneas e vazias, como dizia Walter Benjamin. 

Nesta aula aberta, Maura Voltarelli mostra como algumas metamorfoses da Ninfa em obras fundamentais de nossa modernidade poética, entre elas, as de Manuel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade e João Cabral de Melo Neto, e, em direção ao momento contemporâneo, as de Donizete Galvão e Carlito Azevedo, abrem lugares insuspeitados de crítica e pensamento, fazendo emergir uma pulsão erótica que torna mais fluidas as fronteiras entre imagem e palavra, passado e presente, em uma coreografia fantasmal de estilos e tempos. 

A aula aberta é gratuita e ao vivo pela plataforma zoom.  A aula não será gravada. 

Formas de inscrição

Inscrições Abertas!

Até 15/06/2024

A inscrição é gratuita:

Para participar, basta preencher o formulário no botão abaixo e enviaremos o link no dia da aula. A aula não será gravada. 

bottom of page